Shopping Cart
Your Cart is Empty
Quantity:
Subtotal
Taxes
Shipping
Total
There was an error with PayPalClick here to try again
CelebrateThank you for your business!You should be receiving an order confirmation from Paypal shortly.Exit Shopping Cart

SARAVÁ, IEMANJÁ!

No dia 15 de agosto, os católicos celebram a assunção de Maria, isto é, sua “subida” aos céus. Pela crença católica, 3 dias após sua morte, Maria ressurge e é elevada aos céus, onde é glorificada com a coroação como rainha dos céus e da Terra. Assim, 15 de agosto é também dia de Nossa Senhora da Glória, cujas imagens mostram Maria com uma coroa, um cetro nas mãos e carregando o menino Jesus no colo.

De certo, seus atributos – santa, mãe de todos, amorosa, rainha – contribuíram para seu sincretismo com aquela que os negros veneravam como a divindade amorosa, mãe de todas as cabeças, rainha do mar: Iemanjá. Por tanto, muitos terreiros - entre eles o nosso Cantinho - saúdam a senhora das águas salgadas nessa data.

Curiosamente, Iemanjá, apesar de ter muitos sincretismos – Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora das Candeias, Nossa Senhora dos Navegantes, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Piedade, etc. – é o único Orixá que tem uma imagem umbandista própria!

Na nossa Umbanda, Iemanjá é mãe de todos, já que foi ela quem “pariu” toda a vida que existe na Terra. Representa assim para nós dos vértices do “Triângulo da Vida”. Iemanjá é ainda a responsável pelos ciclos renovatórios do nosso Globo. Seu campo de forças são as águas salgadas dos mares e oceanos.

Salve, Nossa Senhora da Glória!

Saravá, Iemanjá!

0